SIM, É GRÁTIS!
Seja o primeiro a receber as novidades do site.

Procrastinação: a arte de deixar para amanhã

Por Flávio Resende | 17 de agosto de 2016


Em um mundo onde é preciso se ocupar com muitas tarefas, dividindo atenção entre as que achamos mais importantes, a gestão do próprio tempo é uma habilidade de extrema importância.

A incapacidade de lidar com os deveres e o estresse pode levar a problemas, como a procrastinação, que muito afetam a produtividade e até a nossa saúde.

Segundo Flávio Resende, coach brasiliense, especialista em Life Coaching, não se deve confundir o simples adiamento de tarefas com a procrastinação. 

“Adiar uma tarefa não é obrigatoriamente algo ruim. Pode ser uma escolha bem pensada para melhorar a eficiência da atividade. O problema é quando continuamos adiando a tarefa, de modo a precisarmos executá-la em cima do prazo ou a nunca executá-la”, explica Flávio. 

...temos a tendência de adiar atividades desprazerosas, mesmo quando elas são extremamente necessárias...

Nos casos mais graves, a procrastinação também pode ser extremamente maléfica, explica o coach, podendo levar a problemas no trabalho, nos estudos e até nos relacionamentos.

“Temos a tendência de adiar atividades desprazerosas, mesmo quando elas são extremamente necessárias. No momento, elas podem parecer não tão urgentes, mas uma hora precisarão ser feitas. Assim, seguimos adiando esse momento continuamente até que percebemos que não temos tempo o suficiente para realizá-la como deveria”, explica o especialista.

Segundo ele, mesmo que a tarefa seja executada no fim do prazo, ela acaba por ser realizada com pouca qualidade.

O que leva à procrastinação?



Flávio explica que existem dois fatores primordiais que levam as pessoas a procrastinarem: ansiedade e falta de organização

“Quando não conseguimos controlar nossa ansiedade, isso diminui nosso foco e torna fácil se desprender da atividade que executamos. Nessas situações é comum se distrair com algo na TV ou se ver navegando sem rumo na internet e simplesmente deixar a atividade importante ‘para depois’”.

Como evitar a procrastinação?


Para Flávio, a organização pode ser uma boa arma de combate à procrastinação

“Cada um tem seu método de organização, mas atitudes como montar um quadro com as suas tarefas e organizá-las por prioridade, pode dar uma melhor visão das necessidades e das urgências”, explica.

Agora é a sua vez!


Agora é a sua vez de aplicar o conhecimento desse artigo em prática. Utilize as sugestões do coach Flávio Resende na sua vida e observe os resultados!

Mas, você pode ir além e propagar essas dicas a mais pessoas. Para fazer isso, compartilhe esse conteúdo com seus amigos também.

E se ainda não é inscrito na Lista Vip do Administrador Jovem, inscreva-se agora mesmo para receber todos os nossos conteúdos em primeira mão! Basta colocar o seu melhor e-mail no campo abaixo.




GRÁTIS!
Torne-se Vip agora mesmo e receba todos os nossos conteúdos em primeira mão.

Flávio Resende é jornalista, empresário e coach ontológico. Sua especialidade são as áreas de Life Coaching e Coaching Empresarial. O foco do trabalho é para que os profissionais desenvolvam novas habilidades e as competências necessárias para o alcance de alta performance no ambiente empresarial. Saiba mais...