SIM, É GRÁTIS!
Seja o primeiro a receber as novidades do site.

Ética: administrar sem ser administrado

Por Luciano Figueiredo | 5 de abril de 2016



Nós aqui não temos nada. Nós somos administradores. Porque tudo aquilo que nós fazemos, fica. Então a gente não é dono de nada. A gente administra aquilo enquanto Deus está permitindo em nossa vida, porque depois que a gente for embora, tudo fica para outro administrar - Silvio Santos

Olá futuros administradores. Gostaria de agradecer a oportunidade de poder compartilhar e aprender a cada dia com todos.

Abordaremos diversos assuntos de total relevância para nos tornarmos excelentes administradores e assim contribuirmos para a construção de um lugar melhor para nós e nossa sociedade, um lugar que possamos falar com muito orgulho: ajudei a administrar.

Seria complicado falar em ética sem lembrar na situação atual que estamos passando, estamos em um constante confronto com aquilo que aprendemos e achamos certo e aquilo que vimos de uma forma muito normal nos dias de hoje. Então nos vem perguntas que nos confrontam:

  • Como eu posso administrar uma empresa sem ser administrado por um sistema que ainda possui resquícios de um Brasil que foi colonizado por administradores que queriam e, infelizmente ainda querem, levar vantagens em tudo que administram? 
  • Como administrar uma empresa ou qualquer outro ramo de negócio aplicando uma postura ética baseada em nossos princípios e combinados aos princípios da instituição? 

Podemos então tomar como base dois pilares principais para uma boa administração baseada em princípios:

ÉTICA


Como a ética é uma ciência que visa o nosso bem estar e um bem comum maior com o respeito aos direitos humanos, a igualdade de oportunidades e principalmente respeito para com o próximo, tornando-se o respeito implicado a dignidade humana, e sendo os valores que norteiam as nossas atitudes e direcionam nossa conduta, não podemos de forma alguma defendê-la com uma bandeira de moralidade, pois causaria o afugentamento de todos que nos cercam com nossos dizeres éticos e por muitas vezes até poéticos.

Não somos aquilo que falamos, mas sim aquilo que fazemos.

Não podemos, também, nos tornar mártires de uma causa ética, pois não seria com palavras bem elaboradas e coesas que teríamos sucesso em tomadas de decisões, mas sim com exemplos aplicados, onde dariam bases sólidas sobre as nossas decisões, pois não somos aquilo que falamos, mas sim aquilo que fazemos.

A cultura ética não significa que temos que agir com rigidez e severidade, mas sim agir de uma forma coesa com nossos princípios.

Poderíamos citar diversos conceitos, muito bonitos por sinal, que explicam à ética, mas gostaria de deixar para vocês um conceito que para mim é um dos mais fortes e convincentes:

Ética é fazer algo que se fosse para mim eu ficaria satisfeito, ou seja, algo que me satisfaça e me faça muito feliz. E para isso eu uso outro pilar fundamental também que sustenta uma boa administração: a empatia.

EMPATIA

Baseado na ética, eu como administrador, me coloco no lugar do receptor, ou seja, entrego aquilo que gostaria de receber, entregando resultados que me deixariam feliz e satisfeito, sentindo como se esta instituição ou empresa fosse minha e principalmente com a sensação de dever cumprido e consciência tranquila.

Hoje estamos cada vez mais competitivos em um mercado que exige cada vez mais de seus administradores e nos deparamos com administradores que realmente são administrados por um sistema que utiliza de subterfúgios para de alguma forma levar vantagem em tudo, administradores que se vangloriam e se colocam como mais espertos quando prejudicam outras pessoas.

E é por isso que iniciamos um trabalho deixando alguns pilares a serem pensados por administradores que querem ser excelência naquilo que fazem.

Administre o que não é seu como se fosse seu, pensando que se você fosse o seu próprio sucessor você conseguiria ir muito além, pois pegou um excelente trabalho, podem falar tudo o que quiserem de você, que é arrojado, que é destemido, que é esperto, mas nunca deixem dizer que é antiético ou desonesto.

Quando a sua administração for ética e baseada em princípios, com certeza trará excelentes frutos, e você sempre será lembrado como um administrador de alta performance.

AGORA É COM VOCÊ


Se curtiu esse artigo, por favor, compartilhe com mais pessoas. Deixe o seu comentário ali embaixo com o seu feedback, nós do Administrador Jovem com certeza vamos adorar ler e responder.

E se ainda não se inscreveu na Lista VIP do site, para receber todas as nossas novidades, conteúdos e indicações, não perca tempo, digite agora mesmo o seu melhor e-mail no formulário abaixo!




Imagens: Visual Hunt
GRÁTIS!
Torne-se Vip agora mesmo e receba todos os nossos conteúdos em primeira mão.

Graduado em Logística empresarial. Com MBA em Gestão estratégica de negócios e MBA em Marketing e vendas. Experiência em multinacionais e atualmente é professor de logística e administração de empresas no Senac-SP.